Como criar sites: 5 passos para ter seu site online

Como criar sites: 5 passos para ter seu site online

O número de pessoas que acessam diariamente a internet cresce a passos largos. Hoje, além de entretenimento, é comum buscar informações sobre produtos e serviços na web.

Para dar conta dessa nova demanda, garantir sua presença online é essencial. Para isso, um bom começo é ter um site, concorda?

Criar sites não é uma tarefa difícil, mas exige uma boa dose de organização. Se você quer criar um site e tem dúvidas sobre como iniciar, confira as dicas deste post – que resume o processo em 5 passos bem simples.

Vamos a eles?

 

1. Defina um objetivo

Antes de criar seu site (ou realizar qualquer outra ação de marketing digital), é importante saber qual será o papel dele na sua estratégia.

Analise se você quer divulgar sua marca ou negócio, conquistar novos clientes, gerar mais vendas, auxiliar sua equipe comercial. Enfim, os objetivos são seus – e você pode criar um site totalmente alinhado com esse projeto – já que um site institucional provavelmente terá uma estrutura totalmente diferente de um e-commerce, por exemplo.

No post Marketing de Conteúdo: sua empresa está preparada?, abordamos a importância do planejamento e algumas técnicas básicas para você definir seu objetivo e desenvolver sua estratégia online.

 

2. Escolha e registre um domínio

Um bom nome é fundamental para seu site. Afinal, é através desse nome, chamado também de domínio, que os clientes vão encontrar sua empresa na internet. Então, a dica é que você escolha um nome curto, fácil de lembrar e que tenha aderência com o seu negócio ou projeto. Você também pode optar por um site com o nome da sua marca ou negócio.

Além do nome, a escolha da extensão também é importante. Você pode optar por domínios nacionais (.com.br, por exemplo) ou internacionais (.com, .net, entre outros), além de utilizar extensões que tenham afinidade com seu projeto. Para organizações e Ong, por exemplo, opte pelo .org. Para ramos da indústria, pelo .ind, e por aí vai.

Registrar um domínio é bem simples. Você acessa a página de registro de domínio e pesquisa se o nome que escolheu (por exemplo, www.meusite.com) está disponível para registro. Se estiver, você pode fazer a aquisição na mesma hora.

Para mais informações sobre domínios, confira o post do nosso blog: Tudo que você precisa saber sobre domínios.

 

3. Crie seu site e publique o resultado

Depois de escolher o domínio, você pode trabalhar na criação do seu site. A Hostmachine oferece duas opções: você pode contratar um plano de Hospedagem de Sites ou optar por um Criador de Sites.

A escolha vai depender do seu objetivo, e as vantagens de cada um você pode acompanhar logo abaixo:

  • Criador de Sites: voltado para quem possui pouco ou nenhum conhecimento técnico na área, o Criador de Sites da Hostmachine permite criar sites facilmente, apenas arrastando e soltando os elementos na página. Com o construtor online você cria e publica diretamente no seu navegador, sem a necessidade de instalação e configuração.
    Além das facilidades na criação e publicação, a manutenção do site também é simples, já que possui integração com diversos sistemas, como Google Analytics, Google Maps, YouTube, principais redes sociais, entre outras ferramentas para divulgação, monitoramento, SEO, entre outras funções importantes para o crescimento de um site.
  • Hospedagem de Sites: ao contratar um plano de hospedagem você tem acesso ao softaculos – com o qual você pode instalar rapidamente os CMSs mais populares para publicação e gerenciamento de sites, como por exemplo WordPress, Joomla, PrestaShop …

Caso prefira, você também pode contratar um webdesigner para construir um site totalmente personalizado.

Como você viu, há muitas opções, e a escolha vai depender principalmente do seu orçamento e do tempo que você tem disponível para criar seu site.

Se tiver dúvida sobre a escolha, você sempre pode contar com a ajuda da nossa equipe de suporte. Orientações e dicas não vão faltar!

 

4. Monitore o desempenho do seu site

Para acompanhar o desempenho do seu site, a dica é criar uma conta gratuita no Google Analytics – uma unanimidade quando se trata de monitoramento.

Com ele você pode acompanhar o número de visitantes mensais, a taxa de conversão, a taxa de rejeição, e quais páginas do seu site são mais populares, entre outras informações. Esses números são importantes para que você saiba o que está funcionando e o que precisa de ajustes.

Além do Analytics, você encontra outras opções interessantes no mercado. No seu cPanel, por exemplo, além da integração fácil com o Analytics, você encontra o AWStats – sistema com o qual você pode acompanhar algumas estatísticas bem específicas sobre o desempenho do seu site.

 

5. Direcione tráfego para seu site

Site criado, publicado e métricas configuradas. O trabalho termina por aqui?
A resposta é: NÃO. Agora que seu site está configurado, você precisa levar o máximo possível de tráfego para ele.

Há várias formas de fazer isso, como divulgar nas redes sociais, utilizar as melhores práticas de SEO, investir em links patrocinados (Adwords e Facebook são alguns exemplos). A boa notícia é que você tem vários recursos disponíveis, além da sua criatividade, para utilizar novas estratégias.

 

Bom, hora de colocar a mão na massa. Estatísticas mostram que boa parte das pequenas empresas ainda não possuem um site.

Então, se você se encaixa nesse perfil e já configurou seu site, terá uma vantagem competitiva interessante, concorda?

Deixe um comentário

Watch Dragon ball super